Voltando aos cachos:Oque fazer no periodo de transicão?

09:06Juliana Dimas

E preferência absoluta da mulherada, mas muitas meninas, cansadas dos efeitos das progressivas, estão decidindo voltar aos cachos.
Não tenho que dar palpite, mas acho a decisão louvável e, por isso, pesquisei (pentelhei!) com os cabeleireiros amigos como passar pelo período de transição sem se sentir uma Maria Bethânia pós-tempestade no deserto.

Paciência e Tesoura!

Antes de começar vou logo avisando: tenham paciência! Ou é paciência ou é tesoura, não tem outro remédio!
Se você passou anos fazendo relaxamentos, alisamentos, progressivas e similares, o cabelo já perdeu mesmo a forma e é preciso ter paciência para esperar o cabelo crescer e ir, aos poucos, cortando as pontas para diminuir o chamado ciclo de transição e ir removendo naturalmente a química dos fios.
Quando a química é recente, quando o alisamento não foi definitivo ou, em resumo, quando a estrutura dos fios não foi completamente e constantemente modificada é mais simples ter os cachos de volta.
Por exemplo, se você fez uma progressiva, o resultado sai em três meses e pode-se acelerar esse “resultado”  lavando-se frequentemente os fios com shampoo anti-resíduos, lembrando que é um tipo de shampoo que resseca demais os fios, então CUIDADO.
Pra quem não quer cortar, a dica é redobrar os cuidados, pois a parte onde o crespo “encontra” a parte alisada é muito mais frágil, o que aumenta o risco de quebra dos fios.
Para todos os casos: mesmo que não queira diminuir o comprimento, invistam em um bom corte para essa nova etapa!

Acessórios e Penteados

A principal queixa é  em relação a raiz, que fica diferente do “resto” do cabelo.
Nessa fase é muito importante buscar alternativas e descobrir novas formas de utilizar velhos acessórios, como bandanas, tiaras e presilhas, dentre outros.
Pode-se, ainda, lançar mão de produtos e acessórios que ajudem a criar cachos no comprimento dos fios, para reduzir a diferença entre raiz crespa/ondulada e pontas.
Outra coisa que ajuda são os penteados que “esticam” a raiz, como coques, tranças  e rabos de cavalo.
 Espero que tenha gostado beijoka ate mas!  

You Might Also Like

0 comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

recent posts

Total de visualizações

Formulário de contato